0 comentários

Jogo incompleto? Sem final? Sem problema! Steam e Gabe Newell aprovam!

by on outubro 20, 2013
 

Compartilhe!Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0

O Steam normalmente é o bastião de preços justos e qualidade para os jogadores, mas nosso querido sistema de distribuição digital de jogos deu uma boa mancada esses dias. O jogo indie de ação Dark Matter da InterWave Studios, está a venda no Steam por 25 dilmas, ou 22,50 se você comprar por agora devido aos 10% de desconto. Qual o problema? O problema meu caro, é que a plataforma do Gabe Newell vende o jogo como se ele fosse uma versão completa, o que não é verdade, o jogo acaba do nada. Do nada. N-A-D-A. Nego tá de sacanagem, ao invés de ser sincero e falar que vai lançar em capítulos ou algo do tipo, não, eles lançam o bagulho como se tivesse tudo de boa. A tela final do jogo é um texto preto digno da era Nintendo/Atari, peloamordaminhajiromba. Acha que estou exagerando? Que é um texto sensacionalista? Bem que eu queria, veja essa safadeza no vídeo logo abaixo:

Ah, o tempo total de jogo é 3 horas e 30 minutos. A desgraça é curta ainda por cima.

Dona Valve (a empresa por trás do Steam), dona Valve, já não é a primeira vez que vocês liberam um jogo safado e incompleto para a venda. Alguém se lembra da cópia descarada de Day Z? Sim estou falando do maldito War Z. Que os manolos da Valve só tiraram do ar porque a justiça obrigou, já que o jogo era mais bugado do que um Windows Phone. Olha, lançar um jogo curto tá tudo bem, ter poucos recurso a gente entende, mas ter um final de merda desses é imperdoável, parece erro. Os desenvolvedores culpam o final incompleto e o tempo de jogo mínimo ao fato do Kickstarter deles não ter dado certo. Com essa atitude desonesta de esconder que faltavam coisas no game, ainda bem que os caras não conseguiram o dinheiro. E Valve, abre o olho, tem que fiscalizar melhor o que entra no Steam, não nascemos ontem não.

Compartilhe!Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0
Seja o primeiro a comentar!
 
Deixe uma resposta »

 

Deixe uma resposta