1 comment

Jogos mais esperados de 2015 – Parte 1

by on janeiro 26, 2015
 

Compartilhe!Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0

O ano já começou a bastante tempo, mas ainda não saiu nada de muito relevante, então acho que ainda cabe fazer uma lista dos jogos mais aguardados de 2015. Vale lembrar que vários desses jogos podem na verdade nem mesmo sair esse ano, pois alguns não tiveram as dadas de lançamento divulgadas e outros podem sofrer atrasos (inclusive alguns desses estavam na minha lista do ano passado). Confiram abaixo os cinco primeiros:

Batman Arkham Knight

A série Arkham estabeleceu não só um novo parâmetro para os jogos do morcego, mas também um dos melhores jogos baseados em super heróis já feitos. Com o retorno da Rocksteady, os fãs já sabem que podem esperar por novidades e uma qualidade superior ao Batman Arkham Origins – que apesar de não ser ruim é sem dúvida o pior da franquia. Gráficos absurdamente bonitos e um personagem misterioso (Arkham Knight), são apenas os destaques secundários em um jogo que introduz o Batmóvel. O veículo do herói terá toda uma jogabilidade de combate e interação cenário própria, percorrendo as escuras e gigantescas ruas de Gotham, que dessa vez será cinco vezes maiores que nos jogos anteriores.

Plataforma: Xbox One, Playstation 4 e PC – 2 de junho

Star Fox

Com a garantia de sucesso dos títulos de seu mascote, a Big N se vê “forçada” por diversas vezes a deixar algumas de suas excelentes franquias em hibernação, uma delas é Star Fox. O último jogo da franquia foi o remake de excelente Star Fox 64 lançado para 3DS em 2011. Felizmente o retorno Fox McCloud e sua equipe, já foi confirmada para 2015 no Wii U. Praticamente não há informações sobre o projeto, até hoje só um curto e embaçado vídeo do gameplay feito pelo Miyamoto durante um Nintendo Direct. Por favor Nintendo, retome Star Fox como a franquia merece, ou seja, missões com a Arwing e nada de dinossauros….

Plataforma: Wii U – sem data prevista

Bloodborne

A série Souls foi marcante para a geração passada, com desafio extremo para os padrões atuais, o jogo exigiu paciência, repetição e habilidade, porém entregou um nível de satisfação absurdo ao seus quase masoquistas fãs. Apesar de Bloodborne ser uma nova IP, fica claro que a From Software e Japan Studio, usaram das mecânicas básicas de sua outra série, porém com significativas mudanças, como um nível de velocidade superior e o foco na ofensividade. Sem contar a mudança de ambientação, deixando de lado a temática medieval e abrindo espaço para uma Londres Vitoriana envolta em um tom de terror e mistério.

Plataforma: Playstation 4 – 24 março

Wicher 3: Wild Hunt

A conclusão da saga Wicher, chega esse ano depois de ser adiado algumas vezes. O sistema continua como um RGP de ação, desenvolvido pela Projekt RED. Esse terceiro capítulo terá um mundo aberto ainda maior do que nos seus antecessores – e quando digo maior, os desenvolvedores prometem algo em torno de trinta vezes maior em relação ao jogo anterior. Com um espaço tão grande para explorar e recheada com uma grande quantidade de espécies de monstros que podem ser caçados (um dos destaques dos recentes vídeos). Além disso o jogador terá a sua disposição fast travels e montaria para ajudá-lo a cobrir tamanho espaço e muitas horas de jogo para quem quiser atingir 100%.

Plataforma: Xbox One, Playstation 4 e PC – 19 maio

Halo 5: Guardians

Pouca coisa se sabe sobre a continuação da mais famosa franquia da Microsoft, apenas um breve vídeo sem gameplay foi mostrado. Pela trajetória da série até o momento é fácil garantir por um online robusto e alta qualidade nas mecânicas de tiro e movimentação. Halo 4 conseguiu superar toda a insegurança pela saída da Bungie, que foi substituída pelo 343 studios, porém o desafio agora é manter a toda a grandiosidade da série para essa nova geração. Também cabe saber como eles lidarão com a possível interseção com a série de TV baseado no universo Halo. Para quem não lembra toda a divisão responsável acabou sendo fechada prematuramente, mas garantiram a conclusão desse primeiro e último projeto. Bem, Halo sempre é um marco para o Xbox e o mercado de games, sabendo disso a Microsoft deve estar se dedicando com grande afinco para manter a escrita nesse novo capítulo.

Plataforma: Xbox One – sem data prevista

 

Compartilhe!Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0
comentários
 
Deixe uma resposta »

 

Deixe uma resposta