0 comentários

As dez melhores músicas de abertura da franquia 007, James Bond

by on novembro 13, 2015
 

Compartilhe!Share on Facebook158Tweet about this on TwitterShare on Google+0

A franquia cinquentona 007 coloca nas telonas de 2015 mais um capítulo da saga, o longa 007 Contra SPECTRE, esse sendo o quarto capítulo da era Daniel Craig e o vigésimo quarto da franquia. Mais um 007 e mais uma música tema para dar o ponta pé necessário e digno para a aventura, certo? Bem, a Writing’s On The Wall de Sam Smith é ok, no máximo, e não se compara com as outras grandes composições que já escutamos ao longo dos anos. Duvida? Bem, confira nossa lista das melhores músicas da franquia 007! Com direito a vídeos das aberturas psicodélicas e sensacionais de cada filme, para que essa retrospectiva seja feita de forma correta.

10. “The World Is Not Enough” – Garbage – Filme: 007 – O Mundo Não É O Bastante (1999)
“The World Is Not Enough” é uma das músicas-tema da série 007 que com certeza é melhor do que o filme que ela representa. Essa melodia possui o vocal poderoso da Shirley Manson, acompanhado de guitarras sombrias, relembrando o Bond dos anos 60. Esse é um dos melhores temas da era Pierce Brosnan e uma grande música da banda Garbage.

09. “GoldenEye” – Tina Turner – Filme: 007 Contra GoldenEye (1995)
Essa música foi escrita por Bono e The Edge do U2 especialmente para a Tina Turner e o filme GoldenEye. Os vocais de Turner são bombásticos como sempre, a batida é um pouco repetitiva, mas a letra é forte o suficiente para prender a atenção.

08. “For Your Eyes Only” – Sheena Easton – Filme: 007 – Somente Para Seus Olhos (1981)
Essa música tem como compositor o lendário Bill Conti, responsável pelas clássicas melodias “Gonna Fly Now” e “Going The Distance” da franquia Rocky, algo que torna esse tema mais anos 80 impossível. Mas incrivelmente essa trilha é bem discreta, a mais tímida da franquia, mas sem deixar de ser sensual.

07. “You Know My Name” – Chris Cornell – Filme: 007 – Cassino Royale (2006)
Essa música teve a missão de ajudar a reacender a franquia 007. Ela é a melodia de abertura de Cassino Royale, dando o ponto a pé definitivo a era Craig. A música possui a voz forte e vem uma pegada áspera bem diferente das últimas composições feitas para o agente secreto. É uma balada bem pessoal sobre o personagem, sobre seu futuro incerto e sua letalidade. Para dar uma turbinada ainda há guitarras grunge e uma orquestra acompanhando. Quer mais o que?

06. “Nobody Does It Better” – Carly Simon – Filme: 007 – O Espião Que Me Amava (1977)
Durante a década de 70, foi considerada a música mais sexy já feita. Sim, uma afirmação exagerada, essa não é a música que vai garantir uma noite agitada, mas com certeza pode dar uma ajuda. “Nobody Does it Better” é um tributo ao próprio 007. Carly Simon personifica o interesse amoroso de Bond em “The Spy Who Loved Me”, Anya, e com sua bela voz enche, ainda mais, o ego do agente secreto. O piano abre belamente a melodia e é inconfundível. Essa é uma balada única, lenta e memorável que define bem a era Roger Moore como 007. Apesar dele não ser a melhor encarnação do agente, é fato que o ator é um dos melhores interpretes de Bond.

05. “Skyfall” – Adele – Filme: 007 – Operação Skyfall (2012)
Um temo soberbo, de peso, que deixa a recente música de Sam Smith no chinelo. As trompas que iniciam a melodia do nada, o piano que entra timidamente e Adele anunciando que esse é o fim. É impossível não sentir o peso que 007 passará em sua jornada até Skyfall. É uma música classuda, dramática, com uma pegada de jazz e a impecável voz de Adele para arrematar. Um tema atemporal.

04. “A View to a Kill” – Duran Duran – Filme: 007 – Na Mira dos Assassinos (1985)
O filme pode até não ser dos melhores, no entanto a música é espetacular. Meio new wave, meio dance, essa música dominou as noites dos anos 80. Apenas “Skyfall” e “A View to a Kill” foram os temas do 007 que chegaram no top da Billboard. Fazer um tema para o 007 era um sonho da banda Duran Duran, ainda bem que eles realizaram seu desejo e com muito estilo por sinal.

03. “We Have All the Time in the World” – Louis Armstrong – Filme: 007 – A Serviço Secreto de Sua Majestade (1969)
A última música gravada por Louis Arsmstrong é um tema nada tradicional para os filmes do agente secreto. Uma composição elegante e uma das melodias mais tristes do 007. A música não fez muito sucesso em sua época, em compensação, 30 anos depois, após ter sido utilizada em uma campanha publicitária da Guinness, ela finalmente alcançou o sucesso merecido.

02. “Goldfinger” – Shirley Bassey – Filme: 007 Contra Goldfinger (1964)
Provavelmente, tirando o “James Bond Theme”, essa é a música que seja mais relacionada a franquia. “Goldfinger” está no top 10 de filmes de qualquer fã do agente secreto, mas não são apenas o Astron Martin, a circuncisão a laser, a misoginia e o “pé na porta e tapa na cara” que fazem esse filme único, foda e produto de uma época que não volta mais. A voz de Shirley Bassey logo no começo da produção é que torna Goldfinger insubstituível. É uma abertura sexy que praticamente criou a maioria dos clichês das outras aberturas.

01. “Live and Let Die” – Paul McCartney & Wings – Filme: Com 007 Viva e Deixe Morrer (1973)
Como, na década de 70, superar a participação de Nancy Sinatra e Tom Jones na gravação de temas para James Bond? Ora, com um Beatles é claro. E para isso Paul McCartney compôs o melhor e mais energético tema do agente mais letal a serviço da realeza inglesa. O som tem tudo, uma balada de piano, rock porrada e até um pouco de reggae. Tudo isso em menos de 3 minutos. É de tirar o fôlego, não importa a época.

Alguém mais acha que eles tem que colocar o Bond fazendo algo normal, mundano, como um sanduba ou limpando o banheiro na próxima abertura? Pô, nunca vimos o sujeito indo ao banheiro. De qualquer modo, concorda com nossa lista? Qualquer coisa deixe os comentários ou xingamentos aí embaixo e até a próxima!

Compartilhe!Share on Facebook158Tweet about this on TwitterShare on Google+0