3 comentários

Primeiras imagens de Frozen Fever, o curta animado que continua a história de Elsa e Anna

by on fevereiro 3, 2015
 

Compartilhe!Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0

O desenho que ganhou o primeiro Oscar da Disney (sem ajuda da Pixar) na categoria de Melhor Animação, que se tornou a animação com maior bilheteria de todos os tempos, que teve um dos singles mais vendidos de 2014 e que grudou a música “Let it Go” (mas que ninguém deixou ir) na cabeça de geral, está de volta. Finalmente saberemos o que houve com o boneco de gelo Olaf, a rena Sven, o grandalhão Kristoff, a atrapalhada Anna e a decidida Elsa depois do termino do sucesso de 2013, Frozen – Uma Aventura Congelante. No curta Frozen Fever (sem tradução no Brasil ainda, mas será algo como “Febre Congelante”), Anna irá preparar uma festa surpresa de aniversário para sua irmã, a rainha Elsa. Apesar de Elsa ser uma pessoa bem mais aberta e animada do que era no filme original, o problema do curta surge por conta da Rainha de Gelo pegar uma gripe. E como Elsa possui poderes mágicos, sua gripe também é mágica, e vai gerar muita confusão e congelamentos. O curta se passa durante o verão e também irá retratar como o estranho grupo de personagens do filme original acabou virando uma família nada convencional. Frozen Fever irá passar antes da versão com atores de Cinderela, que estará nas telonas em 2 de abri de 2015. Sim, já esse ano. Então se prepare para o retorno da mania da criançada nesse mês de abril e mais alguma música que ficará grudada em sua cabeça. No mais, confira as fotos do que vem por aí:

88650

88649

88648

88647

E para informções sobre os livros de Frozen e o inevitável longa animado Frozen 2, clique AQUI.

Ps.: Eu sei que o desenho de 1937 Branca de Neve da Disney já tinha ganho o Oscar para o estúdio. Porém, esse belo longa ganhou o Oscar em Melhor Filme mesmo, não na categoria Melhor Animação, que nem existia na época.

Compartilhe!Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0
comentários
 
Deixe uma resposta »

 

Deixe uma resposta