0 comentários

Primeiras Impressões: HQs Mortal Kombat X

by on fevereiro 2, 2015
 

Compartilhe!Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0

Anunciada desde o ano passado pela DC Comics, as HQs baseadas em Mortal Kombat X, escritas por Shawn Kittelsen e desenhadas por Dexter Soy, começaram a sair no início desse ano em formato digital. A questão é, depois de tantas outras incursões nesse universo, ainda vale a pena acompanhar essa nova empreitada?

A NetherRealm ressuscitou MK na geração passada através de um reboot que agradou em cheio os fãs. Na história do jogo de 2009 (informalmente chamado de MK 9), Raiden após os eventos de Armageddon, avisa seu eu do passado sobre o terrível futuro que os aguarda, com isso toda uma nova linha temporal surge. Durante a trama observamos uma releitura dos eventos dos três primeiros jogos, exceto que uma quantidade enorme de personagens vão pra vala no processo. Conforme confirmado por Ed Boon, a trama de MKX se passa vinte e cinco anos após o jogo anterior. As HQs chegam exatamente para preencherem essa lacuna entre os dois títulos. Pelo que foi mostrado até a quarta edição, a estrutura da trama deve seguir a fórmula de focar em um personagem para traçar posteriormente realizar ligações com uma história mais ampla.

A partir daqui spoilers da revista!

Até então cobriram os eventos relacionados ao Scorpion, mostrando que durante esse tempo ele reconstruiu seu clã, treinou o filho de Kenshi e conseguiu controlar o seu espirito de vingança (quase um Motoqueiro Fantasma). Em paralelo a isso, a história principal ainda pouco foi construída, mostrando apenas o interesse de Raiden em manter sobre vigilância certas adagas com grandes poderes longe do alcance de inimigos ainda não revelados – provavelmente Quan Chi e Shinnok, mas pura especulação minha. Na quarta edição já vemos uma cara nova, Cassie Cage (filha de Sonya e Jonnhy Cage), enquanto também relevam que Kotal Kan esteve em guerra com Mileena pelo trono do Outworld, vago desde a morte de Shao Kahn.

mk12

Será que MKX terá um “ninja pistoleiro”?

Uma dúvida é quanto desses personagens eles iram aproveitar para o jogo. Alguns deles são nitidamente fan service, pois são figuras totalmente esquecíveis de jogos antigos do Mortal, que provavelmente os criadores preferem esquecer que existiram… servem mesmo como buchas para serem mortos. Mas outros como Takeda, o discípulo do Scorpion, tem até destaque, talvez possa ter uma chance fora da revista. Fãs também tem apostado que Erron Black, também possa estar no jogo (ele mal apareceu, mas quem sabe?).

mkx11

Fãs de Hsu Hao ficaram tristes…. espera, fãs de Hsu Hao? Nem a mãe desse desgraçado deve gostar dele!

Avaliando a revista é fácil notar que o material é algo bem simples, sem grande profundidade e de rápida leitura e entendimento. Fica nítida a intenção de divulgar e preparar o terreno para o jogo que sai em abril desse ano, sem nenhuma outra grande pretensão além disso. Então se você é um apaixonado por Mortal Kombat talvez seja uma leitura interessante.

Compartilhe!Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0
Seja o primeiro a comentar!
 
Deixe uma resposta »

 

Deixe uma resposta