2 comentários

Quem vai ficar com a Capcom?

by on junho 17, 2014
 

Compartilhe!Share on Facebook150Tweet about this on TwitterShare on Google+0

Adeus à velha Capcom e seja bem vinda uma nova Capcom? A casa do Ryu está passando por tempos realmente complicados, segundo o último relatório fiscal, seus jogos não estão rendendo muito, sendo que de todos os títulos lançados, só três quebraram a marca de 1 milhão, e desses três jogos, dois deles, que tinham expectativa de vender 7 milhões, não bateram essa meta. Tenso. Atualmente, a Capcom só tem U$152 milhões  no banco, parece muito? Para se ter uma noção a Nintendo conseguiu essa quantia em três meses sozinha, mesmo com as vendas fracas do Wii U.

E agora? O que fazer? Bem, os investidores da Capcom decidiram não renovar o seu plano de defesa contra aquisições externas hostis, conhecidas por nós como ofertas públicas de aquisição (OPA), abrindo as portas para uma possível venda da lendária produtora de games japonesa. Quão lendária? Sabe Megaman, Street Fighter, Monster Hunter, Resident Evil, Okami, Breath of Fire, Viewtiful Joe, Rival Schools, Strider… Pois é, tudo dela. Já viu que há um bocado de PIs(propriedades intelectuais) da empresa, não é mesmo?

As medidas estavam em vigor desde 2008, e protegiam a companhia com um rigoroso processo de aprovação para a compra das suas ações. Apesar desta decisão, a Capcom, segundo a mesma, “vai continuar a concentrar-se em preservar e aumentar o valor corporativo e interesse comum dos seus acionistas”, e “se houver uma compra em larga escala de ações da Capcom, vamos reagir e tomar as medidas necessárias dentro dos limites das leis e regulações aplicáveis”.

Capcom mudar de mãos pode ser uma boa coisa. Já pensou o fim de pagar por downloads que já estão no disco? Não haver mais preços abusivos de updates? E que tal acabar o descaso com franquias queridas e mal utilizadas (coff, coff, Megaman, Breath of Fire coff, coff, coff)?

Pelo que me falaram, a partir daqui pode ser meio furada as informações, as ações incialmente só podem ser adquiridas por empresas japonesas, então creio que a disputa é entre a Sony e a Nintendo. Como a Sony não vai muito bem das pernas ultimamente devido a sua divisão de TV´s e computadores que vem dando prejuízo, acho que a Nintendo é a candidata mais forte. O Wii U pode não ter vendido muito ainda (lembrando que Mario Kart já esta fazendo a maré virar), contudo a empresa ainda nada no dinheiro do Wii e do DS. E não esqueçam que o 3DS não vem fazendo feio.

Em um segundo as coisas podem mudar, então vamos ficar de olho no futuro da Capcom.

nintendo-capcom-header-nintendon

Eu apoio um futuro da Nintendo e Capcom unidas, e vocês?

Compartilhe!Share on Facebook150Tweet about this on TwitterShare on Google+0
comentários
 
Deixe uma resposta »

 

Deixe uma resposta