0 comentários

Ray, o Zero de Mighty no. 9

by on outubro 30, 2014
 

Compartilhe!Share on Facebook24Tweet about this on TwitterShare on Google+0

Se você ainda não conhece Mighty No.9, esse é o game sucessor espiritual do Mega Man, desenvolvido pelo ex-Capcom, Keiji Infune, e sua empresa Comcept a partir de uma campanha lançada pelo Kickstarter. De lá até então muitas informações, gameplay, betas já estão começando a aparecer (confira mais sobre o projeto aqui e aqui). Agora chegou a vez de anunciar o que todos já esperavam, o rival.

Antes de tudo, esse possível DLC será um conteúdo adicional lançado em uma data posterior ao do título, exigindo um download de dados que não estarão incluídos no jogo. A questão é, esse DLC será pago ou não?

O desenvolvimento dessa proposta seguiu o mesmo caminho da recém atingida meta do processo de dublagem em inglês (escolhido pelos financiadores via votação), que consiste na soma dos valores dos novos financiadores do projeto pós-Kickstarter. Caso até o período do lançamento do jogo eles arrecadem mais 190 mil dólares, todos os compradores terão o DLC disponibilizado gratuitamente durante o verão de 2015. Se não conseguirem, pode esperar para abrir a carteira.

Agora, no que consiste esse DLC?

Se você conhece um pouco de Magaman, deve saber que o robô da Capcom sempre contou ao longo da sua história com rivais, seja o Protoman na franquia original ou Zero na série X. Era evidente que Keiji Inafune viria com algo similar em Might No. 9. Nesse caso, o DLC será uma nova fase e luta de chefe contra esse rival de Beck, chamado Ray (nome por enquanto provisório). Deve ser o Mighty No 0.

O diretor do projeto Koji Imaeda, e o responsável pelo design dos personagens Kimokimo falaram um pouco dessa nova figura. A ideia de um rival normalmente se remete a uma figura semelhante a do protagonista, mas dessa vez eles quiseram ir pelo caminho oposto.

Pensaram em Ray como um misterioso lobo solitário. Mas o fato que chama atenção é o buraco no meio do seu peito, onde normalmente se localiza a fonte de vida. Ele está incompleto? Ou seu tempo de vida está se extinguindo… Ele precisa sugar o poder de outros robôs para sobreviver. Partindo dessa ideia, incorporaram elementos de morcego em sua aparência e algumas partes quebradas – no melhor estilo battle damage. Confira abaixo artes conceituais do personagem.

ray1ray2

ray3

O visual morcego que acabou sendo amenizado

ray4

Visual final de Ray

Bem, isso foi o que eles falaram. Sinceramente, é praticamente inevitável à comparação com o Zero, principalmente pelas cores e a parte da cabeça. Vi muita gente na internet falando que a cabeça e o anti-braço lembram bastante o Getter 1. Com um pouco do visual do Bass/Forte da série original também. E aposto que depois do lançamento sairá um DLC PAGO com esse personagem jogável… pois Inafune saiu da Capcom, mas a Capcom não saiu dele.

Compartilhe!Share on Facebook24Tweet about this on TwitterShare on Google+0
Seja o primeiro a comentar!
 
Deixe uma resposta »

 

Deixe uma resposta