9 comentários

Tarantino engaveta seu novo filme, “The Hateful Eight”, depois que um de seus chegás vazou o roteiro

by on janeiro 22, 2014
 

Compartilhe!Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0

Veio a tona ontem, 21/01, que o roteiro do faroeste “The Hateful Eight” (Os Oito Odiosos, uma brincadeira com The Magnificent Seven, Sete Homens e Um Destino no Brasil) foi “divulgado” contra a vontade do diretor, o grande Quentin Tarantino. Tarantino tinha dado o script para um pequeno grupo de atores e o cara tá puto da vida com essa quebra de confiança. Tanto que ele decidiu que esse não será o próximo filme que irá dirigir. A conversa que se escuta nos bastidores é que Quentin quer a carcaça de quem vazou o roteiro de qualquer jeito. Enquanto isso, o polêmico cineasta diz que irá publicar o roteiro no formato de um livro, já que divulgaram sua brincadeira antes da hora e, talvez daqui uns 5 anos, ele pense em revisitar esse mundo que estava criando.

“Eu estou bem, bem deprimido” disse Tarantino. “Eu terminei o roteiro, um primeiro rascunho carai, e não tinha intenção de filmar até o próximo inverno, ou seja, ainda tinha um ano pra pensar nessa joça. Eu passei o script para seis pessoas, seis pessoas cara, e o troço já vazou.” Ele descobriu a traição, como o mesmo anda chamando, a partir de seu agente de longa data Mike Simpson, que começou a receber ligações de outros agentes dando pitaco que seus clientes poderiam fazer parte do futuro western de Tarantino, citando personagens específicos nesses bate papos e revelando de vez o vazamento do roteiro.

michael-madsen-getty

Michael Madsen (Kill Bill, Cães de Aluguel e Donnie Brasco), um dos suspeitos de ter traído o velho Tarantino. Sem contar que o cara já devia uma grana para o diretor desde Kill Bill.

Então, quem foi o rato? O xis nove? O traíra? “Eu dei o script para um dos produtores de Django Livre, Reggie Hudlin, e o cara deixou um agente dar uma olhadela quando foi em sua casa” afirmou Tarantino. “É uma traição, mas nada de quebrar as pernas, pois o agente não ficou com o roteiro. O buraco é mais embaixo. Eu passei o roteiro para três atores: Michael Madsen, Bruce Dern e Tim Roth. O único que eu sei que não fez essa merda foi o Tim Roth. Um dos outros dois deixou seu agente ler o script e ele então passou o bagulho para todo mundo de Hollywood. Eu não sei como essas porra de agentes trabalham, mas eu não vou mexer nesse filme logo a seguir. Eu vou publicar meu trabalho e por enquanto é isso. Eu passei o script para apenas seis pessoas e, se eu não posso confiar em pessoas próximas, nem tenho vontade de mexer nisso. Eu publico e é isso. Pronto. Eu passo para o próximo projeto. Eu tenho mais dez de onde saiu esse.”

NEBRASKA

Bruce Dern em um dos concorrentes ao Oscar de 2014, Nebraska. O cara teria uma chance de ser um dos principais no novo filme do Tarantino antes dessa palhaçada.

Tarantino desconfia que o vazamento veio da CAA, que seria quem representa Dern e Madsen.  O povo da CAA nega totalmente, eles dizem que o próprio Tarantino deixou o roteiro escapulir sem a marca d’água, o que normalmente evita que alguém passe o roteiro para frente.  Essa é uma história bizarra. Tarantino tinha toda intenção de colocar o senhor de 77 anos, Bruce Dern, num papel de destaque, então por que o agente dele acabaria com essas chances? Todavia é difícil que um macaco velho de guerra como o Tarantino realmente tenha deixado o roteiro sem marca d’água ou ter deixado vazar de proposito, já que ele adora manter o suspense sobre seus projetos.

Tim-Roth-to-play-Sepp-Blatter

Tim Roth (Cães de Aluguel, Pulp Fiction e Lie to Me), o único dos que recebeu o script que Tarantino confia. 

Tarantino sabe que alguns detalhes de seu novo faroeste  iriam surgir na internet em algum momento, mas o cara tá puto pois ainda era uma fase muito inicial do projeto. Ele completa seu esbravejamento: “Honestamente, eu gosto do fato das pessoas gostarem das merdas que eu faço, que elas se dão o trabalho de procurar sobre isso e leem até o fim.  Mas porra, eu passei para seis pessoas apenas! A partir dessa semana eu já vou marcar reuniões com as editoras! Claro que eu posso mudar de ideia totalmente, eu sou o dono dessa porra. Mas te digo uma coisa, não é meu próximo projeto nem fodendo. Isso, “The Hateful Eight”, é um dos meus bebês, se a musa me chamar mais tarde para realizar o projeto, eu irei fazer. Eu realmente estou cogitando a ideia de publicar o roteiro em formato de livro antes de fazer o filme e, se isso ocorrer, com certeza não será meu próximo filme.”

Bem, o roteiro de Bastardo Inglórios vazou na internet bem antes do filme ser lançado. Talvez, depois passar a sensação de traição, Tarantino se acalme. Seria uma pena perder um bom western por uma cagada dessas.

Fonte: Deadline Hollywood

Compartilhe!Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0
comentários
 
Deixe uma resposta »

 

Deixe uma resposta