0 comentários

Você Lembra? Vilões clássicos dos desenhos animados – Parte 2

by on abril 7, 2015
 

Compartilhe!Share on Facebook6Tweet about this on TwitterShare on Google+0

Na primeira parte (confira aqui), falei um pouco de modo geral dos vilões dos desenhos animados de antigamente e também já passei pelos dois primeiros personagens, o Comandante Cobra e o líder dos Decepticons, Megatron. Dessa vez selecionei mais duas figuras marcantes dos anos 80, com Esqueleto e Mumm-Ra

Esqueleto

Também conhecido como o maligno lorde da destruição, Esqueleto é um poderoso feiticeiro que domina o lado negro de Eternia, controlando tudo de sua temível fortaleza, a Montanha da Serpente. Seu principal objetivo é invadir o Castelo de Grayskull e tomar para si os antigos segredos contidos nele, que o fornecerão poder suficiente para tornar-se o mestre do universo.  Esqueleto é comumente retratado como um astuto e inteligente vilão, desenvolvendo planos com base eu seu conhecimento místico e, às vezes, científico. Sua raiva com o fracasso é tamanha que são constantes as punições aos seus comandados. No desenho clássico, o vilão também é retratado por diversas vezes como uma figura cômica e incompetente por sua sucessão de erros ao tentar derrotar seu odiado inimigo, He-man.

sk01

.Originalmente essas mini-comics foram uma estratégia da Mattel em criar uma história que ligasse os consumidores aqueles personagens, já que originalmente os brinquedos seriam da franquia Conan, porém devido ao teor violento do personagem, eles resolveram criar o He-man para substitui-lo.

Mas antes do desenho clássico existe a versão do Esqueleto das mini-comics, que vinham junto com os bonecos da Mattel. Consideravelmente diferente das demais versões, neste universo Esqueleto era inicialmente um ser de outra dimensão, que buscava unir as duas metades da Espada do Poder para conseguir entrar em Grayskull e abrir um portal para outra dimensão, permitindo a outros de sua raça o atravessassem e o ajudassem a conquistar Eternia. Posteriormente fizeram um retcon, deixando implícito que o vilão seria na verdade o irmão do Rei Randor e, consequentemente, tio de He-man. Nessa mudança, colocaram que após um experimento químico mal sucedido o vilão teria tido sua aparência deformada e também ido parar em outra dimensão (sim, mal explicado e forçado mesmo).

sk002

O visual do Esqueleto no desenho de 2002, assim como o de seu mentor Hordak – que seria o vilão da terceira temporada.

Já na animação da Filmation de 1983, o vilão tem um tom muito mais simples e sem quase nenhuma história de origem. Somente quando fizeram o desenho da She-Ra, que o colocaram como um antigo aprendiz de Hordak, o líder da Horda. Cabe destacar que grande parte do carisma do personagem aqui no Brasil aconteceu graças a inesquecível dublagem feita por Isaac Bardavid.

Sem dúvida a melhor e mais completa versão do Esqueleto surgiu no desenho de 2002 (assista aqui o primeiro arco). A animação usou como base alguns dos conceitos criados anteriormente e aprofundou bastante sua origem, desenvolvendo um background robusto, sendo a principal delas a identidade anterior a sua transformação. Antes existia um cruel senhor da guerra chamado Keldor, temido por sua técnica com a espada dupla e com magia.  Em busca de poder que o tornasse, ele invade a câmara dos guardiões de Eternia, onde é repelido pela guarda do Capitão Randor, e tem seu rosto atingido por ácido durante o confronto. Mortalmente ferido, Keldor recua, em companhia de Maligna, até a Montanha da Serpente, onde pede ajuda ao seu antigo mestre, Hordak, para curá-lo, mas isso lhe custará um alto preço. O ser de aparência humana agora não existe mais, em seu lugar encontra-se a figura de Esqueleto. Nessa versão, o vilão é um personagem mais sombrio e inteligente. E vou “esquecer” daquela ridícula versão do desenho ‘As novas Aventuras de He-man’, na qual ele tinha inicialmente uma capa rosa.

Mumm-Ra

“Antigos espíritos do mal, transformem esta forma decadente em Mumm-Ra!!! O de Vida Eterna!!!”. Com os poderes místicos de antigos espíritos, Mumm-Ra é a verdadeira essência do mal, sendo um poderoso demônio sacerdote. Nativo do terceiro planeta, o vilão deseja o poder do Olho de Thundera, para destruir os Thundercats e escravizar o planeta. Aliando sua grande inteligência e crueldade, o antagonista torna-se o mestra em enganar outros indivíduos para realizar suas vontades ou comanda os mutantes nas lutas contra os heróis. Quando decide ir pessoalmente ao confronto, Mumm-Ra transforma-se em uma versão mais poderosa, com grande força física, resistência e dotado de fortes rajadas mágicas, porém durante um curto espaço de tempo. O ser eterno pode ser derrotado, mas nunca efetivamente morto, sua principal fraqueza é a impossibilidade de ver seu próprio reflexo, obrigando-o a regressar ao seu sarcófago, localizado dentro da Pirâmide Negra, para recuperar suas forças.

No desenho clássico de 1985, não há grandes acontecimentos no decorrer da trama que influenciam o vilão, que tem suas características básicas quase inalteradas. Posteriormente surge Ma-Mutt, um bulldog azul, que faz o papel de animal de estimação de Mumm-Ra e um aliado nas batalhas. O mais próximo de uma origem que essa versão do vilão teve só foi estabelecida muitos anos depois nas HQs da Wildstorm. Nessa história o humano Wahankh, um servente próximo do faraó, que, em busca de poder, faz um pacto com os Espíritos do Mal, tornando-se Mumm-Ra. No entanto seus planos são frustrados, forçando-o a passar por um longo período de hibernação.

mr01

Mumm-Ra em seu visual “múmia”e com o seu mascote Ma-Mutt

As características físicas de Mumm-Ra foram mantidas quase inalteradas no reboot de Thundercats de 2011, a maior diferença é a adição de asas ao seu visual transformado. Já a origem do vilão é inteiramente nova e detalhada.  Mumm-Ra era um conquistador de planetas que comandava um exército de escravos de várias raças, dentre as quais os Thunderianos faziam parte. Nessa época ele tinha um grande poder, proveniente de três das quatro pedras do místicas (lembra até a manopla do Thanos de Marvel). Um antepassado da monarquia Thundercat encontra a pedra da guerra e forja a espada justiceira, com a qual usa para derrotar Mumm-Ra. Enfraquecido, ele é obrigado a fugir, e após séculos preso em uma cápsula de sobrevivência, consegue estabelecer contato telepático com o Thundercat Grune, e o convence a ajudá-lo em troca de poder. Assim Mumm-Ra inicia sua jornada em busca das pedras e desencadeando todos os eventos vistos na série. Apesar do desenho ter seus altos e baixos (com alguns fillers) essa versão tem seu valor, criando um novo mundo robusto e também com alguns momentos bacanas.

mr02

O visual atualizado do vilão na série de 2012, quase um Thanos. E sua “mega forma”.

Compartilhe!Share on Facebook6Tweet about this on TwitterShare on Google+0
Seja o primeiro a comentar!
 
Deixe uma resposta »

 

Deixe uma resposta