0 comentários

Você Sabia? – Edição Cinema 02: Especial Oscar

by on fevereiro 26, 2014
 

Compartilhe!Share on Facebook40Tweet about this on TwitterShare on Google+0

A octogésima sexta edição do prêmio da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, o Oscar 2014, esta chegando, 2 de março para ser exato, e isso serve de desculpa para “Você Sabia? – Edição Cinema 02: Especial Oscar”. Beleza? Separe uns minutos e confira umas curiosidades da história do cinema.

– A primeira cerimônia do Oscar ocorreu em 1929 e foi a mais rápida e ligeira da história: durou apenas 15 minutos. Outros tempos.

– A pequena estátua que era feita de bronze, hoje em dia é banhada de ouro e platina, pesando cerca de quatro quilos. Ela representa o prestígio máximo para um artista da sétima arte, até porque os Estados Unidos ainda são a indústria cinematográfica com maior importância, apesar de Bollywood ser a com maior produção.

– Outra curiosidade sobre a estatueta do Oscar é que ela seria um Cavaleiro das Cruzadas com um rolo de um filme entre as mãos. Ok então, cada um enxerga o que quer. A origem do nome do careca dourado é um mistério. Dizem que ela ganhou esse nome por parecer com o tio de uma secretária que se chamava Oscar, outros afirmam que era como um dos premiados se referiu a ela quando recebeu o prêmio. Já terceiros juram que era o nome do ex-marido de Bette Davis. Resumindo, ninguém sabe de onde veio o nome direito, escolha a versão de origem do nome que mais lhe agrada e seja feliz.

– O Oscar é uma autocongratulação ao cinema, norte-americano principalmente, é uma cerimônia longa e chata. Na maior parte do tempo pelo menos, há sempre um bom momento no mar de tédio. Sendo  justo, eles tem melhorado a apresentação, tanto que agora são duas horas e pouco, e não as famigeradas 4 horas e tanto de antigamente.

– Para entrar na competição, um filme deve ser um longa-metragem, com duração acima de 40 minutos. Essa duração não vale para a categoria de curtas, claro. Ele deverá ser exibido publicamente  em uma sala comercial de cinema da cidade de Los Angeles e, ainda, permanecer em cartaz por pelo menos sete dias consecutivos. A estreia deve ocorrer entre os dias 1º de janeiro e antes da meia-noite de 31 de dezembro do ano anterior ao da cerimônia. Filmes que forem lançados apenas na internet, TV a cabo, TV aberta ou em vídeo não concorrem.

– Apenas as produções realizadas fora dos Estados Unidos e em uma língua que não seja o inglês concorrem na categoria de melhor filme estrangeiro. Cada país pode indicar um representante. Para ser elegível, a produção deve apresentar legendas em inglês e estrear em seu país de origem até outubro do ano anterior ao prêmio.

– Entre atores, produtores, roteiristas, diretores, editores e os mais diversos profissionais ligados ao mundo do cinema, a Academia conta com mais de 6.000 membros ativos. Para se integrar ao grupo é preciso trabalhar ou já ter trabalhado em cinema e é preciso ser convidado ou ter sido indicado alguma vez. Essa é a primeira vez da história em que o número de votantes ultrapassa a marca de 6.000 pessoas. Jennifer Lawrence, Beyonce Knowles, Will Smith, Keira Knightley, Sofia Coppola, Quentin Tarantino, Bruce Springsteen, Elton John, Eric Clapton, por exemplo, estão entre os votantes.

– Os sócios precisam pagar uma anuidade que custa 250 dólares. Todos ajudam a escolher o melhor filme, mas cada categoria artística é decidida por seus próprios representantes (apenas montadores votam em melhor edição, por exemplo). O processo é dividido em dois turnos e os finalistas são definidos no primeiro. Fernanda Montenegro, Fernando Meirelles, Walter Salles e Bruno Barreto estão entre os brasileiros que podem votar, mas a maioria deles prefere não participar. Em 2011, Daniel Rezende (montador de Cidade de Deus) admitiu que votou.

– Quem empresta a voz para papéis que não aparecem fisicamente, como é o caso de Scarlett Johansson no filme “Ela”, pode ser indicado aos prêmios de atuação. No entanto, se a pessoa aparece em cena, mas é dublada, fica impedida de ser eleita. A exceção ocorre em musicais: o ator pode ser dublado durante as canções, desde que não seja o filme inteiro.

– Essa premiação não esta aí para premiar os melhores filmes. Na maioria das vezes ganha quem teve o melhor lobby, vendeu melhor seu peixe entre os votantes. O Oscar serve na verdade para lançar novas estrelas, aumentar a bilheteria dos filmes indicados e estabelecer tendências. Por mais que Jennifer Lawrence seja fodona, você acha que ela tem ganho tanto destaque assim só por causa de sua atuação e carisma? Não, não meu caro (ou minha cara), a indústria precisa sempre de novas estrelas, a estrela da vez é ela. Apesar de que ela atua muito e transborda carisma, só pra deixar claro.

– Os únicos atores a ganharem prêmios fazendo o mesmo personagem em sequências foram Marlon Brando e Robert De Niro. Ambos interpretaram Don Corleone, o primeiro em “O Poderoso Chefão” (1972) e o segundo em “O Poderoso Chefão II” (1974).

– Asas (Wings no original) de 1927 foi o primeiro filme a ganhar um prêmio da Academia na categoria de Melhor Filme e também tem a distinção de ser o único filme mudo a ter ganhado um Oscar. Se você não considerar “O Artista” de 2011 um filme mudo. Sim, tem uma briga sobre isso, pois há discussão sobre qualquer coisa nesse mundo.

– 11 é o limite pelo visto. O recorde de estatuetas vencidas pertence a três filmes, empatados com 11 prêmios: “Ben-Hur” (1959), “Titanic” (1997) e “Senhor dos Anéis: O Retorno Do Rei” (2003).

– Prêmios póstumos são raros: apenas duas vezes um interprete venceu a premiação depois de morto: Peter Finch por “Rede de Intrigas” em 1976 e, mais recentemente, Heath Ledger como seu lendário Coringa em “Cavaleiro das Trevas” de 2009.

– Protagonista de “Álbum de Família”, que não é lá essas coisas, Meryl Streep concorre ao Oscar pela 18ª vez e continua sendo a interprete mais indicada da história – tanto entre atrizes quanto atores. Woody Allen mantém o recorde entre os roteiristas – ele recebeu a 16ª indicação da carreira por “Blue Jasmine”. Meryl Steep já ganhou a estatueta de Melhor Atriz duas vezes, uma em 1983 por A Escolha de Sofia e em 2012 por A Dama de Ferro. Essa grande artista também já ganhou o prêmio de melhor atrIz coadjuvante, em 1980 por Kramer vs. Kramer.

– O ator britânico Daniel Day-Lewis é o único ator que conseguiu ganhar três vezes o prêmio de Melhor Ator. Os prêmios foram recebidos pela atuações nos seguintes filmes: Meu pé esquerdo (1989), Sangue Negro (2007) e Lincoln (2012). Ainda acho que os prêmios de melhor atriz e melhor ator deveriam se chamar prêmio Meryl Streep e prêmio Daniel Day-Lewis respectivamente.

– Walt Disney recebeu um Oscar especial em 1932 só por ter criado Mickey Mouse. Bem ou mal foi um marco na indústria. Ainda sobre Disney, ele é recordista de maior número de indicações ao Oscar (com cinquenta e nove) e número de Oscares entregues (22). Ele também ganhou quatro Oscares honorários. E para finalizar, ele recebeu um Oscar personalizado no prêmio honorário para Branca de Neve e os Sete Anões, era um Oscar no tamanho normal e sete mini estatuetas acompanhando. Confira a foto abaixo desse prêmio único:

snow white oscar1

– Sylvester Stallone foi a terceira pessoa na história nominado para os prêmios de Melhor Ator e Melhor Roteiro no mesmo ano, concorrendo com o filme “Rocky, Um Lutador”. Quem foram os outros que conseguiram a proeza de concorrer como melhor ator e melhor roteirista? Orson Welles e Charlie Chaplin. Pois é, isso que é estar num clube seleto.

– Anthony Hopkins ganhou o prêmio de Melhor Ator em “Silêncio dos Inocentes”, mesmo só aparecendo 16 minutos do longa. Só 14% da duração total do filme, isso que é um caso claro de qualidade superando quantidade.

– Fresh Guacamole (confira esse divertido curta abaixo) é o filme mais curto da história a concorrer um Oscar. Mesmo sendo um curta, ele foge dos padrões totalmente, tendo apenas um minuto e quarenta segundos de duração, incluindo os créditos!

 

Por enquanto é só pessoal. Sabe de algo que a gente não saiba? Contribuia nos comentários e não deixe de checar nossos outros “Você Sabia?” certo? Abraço e inté!

Opa, ainda está aqui? Quer mais “Você Sabia?” né? Confira os outros que já fizemos logo abaixo:

– Você Sabia? – Edição Cinema 01

– Você Sabia? – Edição Música 01

– Você Sabia? – Edição Games 01

Compartilhe!Share on Facebook40Tweet about this on TwitterShare on Google+0
Seja o primeiro a comentar!
 
Deixe uma resposta »

 

Deixe uma resposta