0 comentários

Você Sabia? – Edição Games 02

by on março 12, 2014
 

Compartilhe!Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0

Com certo atraso, eu culpo o carnaval, aqui vai o “Você Sabia? – Edição Game 02”! Para ver a primeira edição confira aqui. Sem mais delongas, cheque abaixo diversos fatos curiosos do mundo dos games. Ah se tu sabe algo inusitado, por favor compartilhe nos comentários (onde mais seria?).

– Shu Takumi, o criador da série Ace Attorney, sempre quis criar uma série de jogos focada em mistérios. Ele ganhou uma oportunidade de realizar esse sonho quando a Capcom passou para ele 7 funcionários inexperientes para criar uma equipe só sua e ainda deu carta branca para ele realizar o projeto que quisesse. A ideia de fazer um jogo baseado no mundo do direito, tendo um advogado de defesa como protagonista foi mal vista pelos seus superiores, contudo ele conseguiu convencer os executivos quando mostrou que o foco do jogo seria em personagens excêntricos.

shuacettorney

Ok, o poster ao fundo é d Ghost Trick, outro divertido jogo de Shu Takumi, mas a pose é de Ace Attorney, então tá valendo.

– Nintendo começou como uma companhia que fazia apenas cartas, sim, aquelas para jogos de carteados. O nome da empresa era Nintendo Koppai. Eles começaram a fazer cartas de Hanafuda, um jogo de cartas colecionáveis com imagens de flores que consiste em 48 cartões, quando a popularidade da empresa aumentou. Isso durou de 1889 até 1928. Até hoje a Nintendo ainda faz cartas, agora apenas com temas dos personagens da empresa, que podem ser compradas no site japonês da empresa.

nintendohanafuda

Um dos decks de Hanafuda que a Nintendo produz atualmente. 

– Shigueru Miyamoto, criador de Mario, Donkey Kong, Zelda e muito mais, tinha pouco interesse em video games quando tinha seus vinte poucos anos, na década de 70. Isso só mudou quando ele jogou Space Invaders. Até aquele ponto de sua existência, o gênio da Big N queria ser um mangaká, ou seja, um escritor/desenhista de mangá.

– Konami criou a Ultra Games na década de 80 como um modo de circundar as restrições da Nintendo naquela época. A Nintendo só permitia as third parties de lançarem 5 títulos por ano. Com uma empresa extra, a Konami conseguia tacar 10 títulos no mercado todo ano. Por eles possuírem a marca “Ultra Games”, a Konami acabou impedindo a Nintendo de usar o nome “Ultra 64” para o Nintendo 64, que era  o nome original do console.

– O famoso código da Konami (↑ ↑ ↓ ↓ ← → ← → B A) foi feito pelo programador Kazuhisa Hashimoto depois que falhou várias vezes de terminar a versão beta de Gradius para o Nintendinho/NES. Revoltado ele programou esse simples código no jogo, e com ele era possível adquirir todos os power-ups, o que permitiu o pobre programador finalmente terminar esse difícil game.

– O jogo da Sega, Space Channel 5, sofreu uma ação judicial por parte da Lady Miss Kier, antiga membro da banda Dee-Lite. Segundo Lady Miss Kier, Ulala, a protagonista do jogo, foi baseada em seu visual e estilo, mas a justiça ignorou a cóp… Errr, a homenagem.ulalamisskier

Só procurar no You Tube, uma cena do jogo e uma cena da dona dançando, que você que não é maluquice da cabeça da ex-Dee-lite querer o processo.

– Antes de Leon ter de lutar pela vida dele e da filha do presidente em uma estranha vila europeia no game Resident Evil 4, a Capcom tinha criado quatro versões diferentes para o quarto capítulo da saga Resident Evil/Biohazrd. Haja 4. Uma das versões descartadas acabou achando uma luz no fim do túnel, e se tornou outra franquia de sucesso da Capcom, a série Devil May Cry. Acredite se quiser.

– Quer saber por que o codinome do protagonista de Metal Gear é Snake? Com a palavra o próprio criador do personagem, Hideo Kojima (retirado e traduzido de seu twitter):

“A razão pela qual eu escolhi Snake como codinome em Metal Gear foi porque cobras são o símbolo mais apropriado de seres vivos que conseguem disfarçar sua presença e se esgueirar sem fazer qualquer tipo de barulho.”

“E o motivo de não ser um tipo específico de cobra como serpentes, anacondas ou víboras é porque o protagonista é o jogador. E a razão de ‘solid’ era para fazer uma oposição a uma imagem suave do jogo.”

“E, como no fim de qualquer série, o aparecimento do inimigo mais poderoso do jogo era uma ponto de alto de Metal Gear Solid. E, nesse caso, apenas Snake poderia competir com Snake. Então eu introduzi o ‘clone’. Contra Solid havia seu contraste Liquid. A lutra entre o sólido e o líqüido. Isso é Metal Gear Solid.”

– Yoshiyuki Sadamoto, responsável pelo versão mangá de Neon Genesis Evangelion e character designer de vários animes e games foi quem criou o visual dos personagens de .hack da CyberConnect2. Para o primeiro protagonista Kite, ele se baseou em um personagem principal de uma série popular na época, Naruto, o ninja loiro da série de mesmo nome. Apesar de Kite não ser falastrão que nem o ninja da Demlurb\Comlurb\Outra lurb da vida, seu visual foi baseado em Naruto Uzumaki. O que é um tanto curioso pois logo em seguida a CyberConect2 ficou responsável pelos jogos Ultimate Ninja da franquia Naruto e posteriormente, quando se uniram a Bandai Namco, nunca mais pararam de fazer jogos dos shinobis de Konoha. Sem contar que o presidente da empresa, Hiroshi Matsuyama é fã confesso da série e vive se vestindo de Naruto em convenções e eventos, mesmo que o assunto não tenha nada haver com o bijuu do Kurama.

Hiroshi-Matsuyama_naruto

Ele não é doido, como o tanto de grana que ele tem o cara é no mínimo excêntrico. 

– Em 1993, Suzuki lançou Virtua Fighter, um jogo de luta com gráficos 3D que imediatamente se tornou popular. A série Virtua Fighter mais tarde foi reconhecido pelo Smithsonian Institution (Instituto Smithsoniano) por sua contribuição à sociedade nos campos da arte e do entretenimento. E pela primeira vez na história da indústria japonesa de jogos, se tornou parte da coleção permanente de pesquisa do Instituto em inovação da tecnologia da informação e é preservado no Museu Nacional de História Americana em Washington, D.C.

– Além de video games, a Sega do Japão também possui uma cadeia de restaurantes. Em 2013 houve um escândalo nesse ramo inusitado da empresa japonesa.  Os restaurantes mais elitizados da Sega, que anunciavam que usavam apenas ingredientes de boa qualidade e caros na preparação dos alimentos, estavam utilizando ingredientes de origem duvidosa e baratos em seus pratos. Eles prometeram que esse fato nunca mais iria se repetir, mas ele também sempre prometem que os jogos do Sonic serão bons, então já viu né?

Por enquanto é só pessoal, para mais curiosidade veja nossa sessão “Você Sabia?”. Inté!

Compartilhe!Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0
Seja o primeiro a comentar!
 
Deixe uma resposta »

 

Deixe uma resposta