1 comment

Crítica – Rayman Legends (2013)

by on dezembro 22, 2013
 

Compartilhe!Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0

Rayman Legends é um belo jogo de plataforma 2D incrivelmente divertido, um bom lembrete de que nem tudo nessa vida digital tem que ser marrom ou com temas “pesados”.  Call of Duty e genéricos estou falando de vocês.  Em Rayman Legends a produtora Ubisoft soube aprimorar os acertos de Rayman Origins e aprendeu com seus erros também. O jogo é bem mais dinâmico que Origins, essa continuação possui fases com um design bem mais arrojado, algo que lembra os clássicos 2D da série Mario.

Eu joguei essa maravilha no PC, mas quero testar a versão do Wii U um dia desses. Bem, não importa a escolha de console, esse é o jogo de plataforma perfeito. Há tantas fases diferentes e modos distintos de jogar que é de ficar boquiaberto. Em alguns estágios é o clássico, outros são de corrida, em alguns você controla dois personagens ao mesmo tempo e as vezes … Cara, as vezes você é transformado em um pato.

Se você curtiu a trilha de Origins, tu irá curtir essa ainda mais. Algumas faixas são repetidas, o que é perdoável, mas as que temos de novidade são bem caprichadas e marcantes. Sem contar os estágios musicais, que são coisa de outro mundo, dependendo de como você joga, a música muda.  Aliás a melhor fase do jogo, que nunca me enjoo de jogar é uma fase musical, Castle Rock, confira esse primor abaixo:

O gráfico é um quesito a parte, um quadro em movimento, com certeza um dos jogos mais bonitos que já tive o prazer em jogar. Os personagens, os inimigos, as animações, o fundo, tudo em alta resolução, perfeitos, bem definidos e sem quebra de frames.

Apesar da jornada normal não ser tão longa, o valor replay é bem alto. A Ubisoft coloca novos desafios todos os dias para os jogadores competirem para ganhar Lums e estabelecer novos recordes. Há segredos em todos os estágios e modos alternativos de terminar alguns. Sem contar personagens desbloqueáveis, fases do Origins, etc.

Rayman Legends é pura diversão. Uma diversão casca grossa de difícil em certas fases, mas sempre diversão. Esse jogo pode ser jogado por até 4 jogadores, 5 no Wii U, e está disponível para Xbox 360, PS3, Wii U, PC, Playstation Vita, havaianas … Breve sairá para Playstation 4 e Xbox One, então não há desculpa, adquira logo o seu.

Nota: 5/5

Trailer desse que é um dos melhores jogos do ano

Compartilhe!Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0
comentários
 
Deixe uma resposta »

 

Deixe uma resposta