1 comment

Desventuras em Série ganha nova chance no Netflix

by on novembro 6, 2014
 

Compartilhe!Share on Facebook2.3kTweet about this on TwitterShare on Google+0

Boas novas! A série de livro infanto-juvenis Desventuras em Série (A Series of Unfortunate Events no original), que em 2004 ganhou uma versão cinematográfica encabeçando Jim Carrey como nome de peso, vai virar um seriado exclusivo na Netflix, o serviço de streaming de séries e filmes populares via net/provedor de seriados e filmes originais.

O Netflix adquiriu o direito de produzir uma série baseada nos 13 livros da famosa franquia que foi sucesso durante o período de 1999 até 2006. Esses livros infanto juvenis que abusam do humor negro e quebra da quarta parede foram escritos por Lemony Snicket, um dos personagens dos livros e nome falso do verdadeiro autor, Daniel Handler. Aliás, mais uma boa notícia, Handler será um dos produtores executivos da série, o que deve garantir a fidelidade da obra nas telas.

a-series-of-unfortunate-events-books

Todos os livros da série

Falando nos produtores, Paramount Television, uma das facções do estúdio Paramount, responsável pelo filme de 2004, também serão produtores da série em parceria com o Netflix.

“Em busca de material fantástico que tenha apelo com pais e filhos, nossa primeira parada foi na série Desventuras em Série. Nós temos orgulho de começar a trabalhar numa franquia para uma audiência global que já ama os livros. O mundo criado por Lemony Snicket é único, sombrio, engraçado e relacionável. Nós mal conseguimos esperar para dar vida a esse universo para os assinantes Netflix.” – disse Cindy Holland, vice presidente do departamento de conteúdo original do Netflix.

E sobre do que se trata essa série? Sobre aventuras desafortunadas, oras. Violet, Klaus e Sunny são os órfãos Baudelaire. Após a morte de seus pais em um misterioso incêndio, o trio é adotado pelo vilanesco Conde Olaf (papel de Jim Carrey no já citado filme), que mesmo depois de perder a guarda dos três, vive os perseguindo atrás da fortuna abundante dos Baudelaire. Cabe aos jovens fugir do terrível Olaf e no processo descobrir a verdade por trás da morte dos pais.

jovensbaudeleire

Os jovens Baudelaire

Mais de 65 mil cópias dessa série foram vendidas ao redor do mundo. É livro que não tem fim! A série foi traduzida em mais de 43 línguas, inclusive o português, e deu origem a jogos de tabuleiro, card games, video games, brinquedos, um filme e agora uma série.

“Eu não acredito,” disse Snicket de uma localização não conhecida. “Depois de anos fornecendo conteúdo de qualidade e sob demanda, Netflix arrisca sua reputação e sucesso se associando aos meus livros desanimadores e perturbadores.”. A declaração hilária de Daniel Handler sobre a série, se mantendo dentro do personagem.

A Netflix tem aumentado o número de produções originais. Os caras já mandaram produzir um spinoff de Madagascar, estrelando o Rei Julien, vários seriados baseados em personagens da Marvel, com Demolidor sendo o primeiro a ganhar uma produção, uma série sobre Marco Polo e muito mais.

Eu estou sem palavras. Dez anos depois do filme não ter dado certo, pois o plano era adaptar todos os livros nas telonas, esses ótimos livros vão ganhar o tratamento que merecessem no Netflix. Esses são livros únicos, que respeitam a inteligência dos mais novos e sempre conversam com o leitor de maneira irônica e divertida. Estou curioso para ver como vai ser essa nova série, e vocês?

 

 

Compartilhe!Share on Facebook2.3kTweet about this on TwitterShare on Google+0
comentários
 
Deixe uma resposta »

 
  • Ariel Henrique
    novembro 6, 2014 at 10:29 pm

    Vamos esperar para ver….Não digo nem afirmo nada quanto a isso, até fico esperançoso, mas a decepção de ver a adaptação mau feita do livro para o filme, me deixou marcas.

    Responder

Deixe uma resposta