0 comentários

Estreia Da Marvel Na TV

by on setembro 29, 2013
 

Compartilhe!Share on Facebook5Tweet about this on TwitterShare on Google+0

Matéria cheia de SPOILERS, leia somente depois de assistir ao episódio, ou assuma o risco e  não venha reclamar depois :D.

A série de TV Agentes da SHIELD, escrita e dirigida por Joss Whedon (mesmo diretor de Vingadores) estreou no canal ABC dos Estados Unidos e no Canal Sony no Brasil.

O seriado deixa evidente desde o início que todos os acontecimentos se passam dentro do universo Marvel dos cinemas. Os eventos decorrem do filme  Vingadores, ou seja, da invasão da raça alienígena Chitauri em Nova York. Sendo exatamente esse o ponto de partida da formação de uma equipe da SHIELD que atue em resposta ao novo mundo de seres superpoderosos.

A integração é tão grande que logo nesse primeiro episódio vários assuntos e citações remetem a elementos que já apareceram em algum momento nos filmes. Como o projeto Pegasus, tecnologia Extremis e o soro do supersoldado. Mas a série vai além, buscando referências também nos quadrinhos, a principal delas é o veículo pertencente ao agente Phil Coulson (Clark Gregg).

Falando do agente Coulson, o seu personagem deveria estar morto, certo? Essa dúvida surgiu desde que o confirmaram na série, teria ele ressuscitado? Durante o episódio, o mesmo diz que sua morte foi forjada por Nick Fury, na realidade ele teria ficado morto por apenas alguns segundos, e depois passado um tempo se recuperando no Taiti. Entretanto na verdade há algum outro fator que nem mesmo ele conhece e que ainda não foi explicado. Bem, apesar desse mistério, para quem lê os quadrinhos da Marvel que envolvem a SHIELD, é algo recorrente uma coisa chamada MVA – Modelo de Vida Artificial. Uma espécie de androides, que substituem agentes em momentos de risco de vida, nesse caso pode ter tomado o caminho inverso… bem mas vamos ver se é realmente isso ou não.

ade01

Além de Coulson e Maria Hill (Cobie Smulders) a equipe é formada pelo experiente agente de campo Grant Ward  (Brett Dalton), Melinda May (Ming-NaWen – a Chun-li do filme Street Fighter de 1994) que vira a piloto da equipe, porém tem algo a mais na sua história que deve ser mostrado com o tempo. Os cientistas: Jemma Simmons (Elizabeth Henstridge) – especialista em bioquímica, e Leo Fitz (Iain De Caestecker) – engenharia tecnológica. E no final do episódio entra para o time a hacker Skye (Chloe Bennet).

Cada membro da equipe tem uma especialidade em determinada área, trazendo uma sinergia para o grupo, que fica evidente no decorrer do episódio. Por um lado isso é bom por trazer um equilíbrio para a trama, mas ao mesmo tempo se apoia em estereótipos claros. A atuação não chega a comprometer (só Skye que não consegue convencer como hacker, parecendo bem mais uma gostosona burra :P), mas não é nem de longe algo que se destaca, exceto Clark Gregg, que parece muito confortável em voltar a interpretar o agente Coulson.

Como qualquer seriado, a atenção é mais focada em acontecimentos restritos e específicos, ou seja, não espere nada tão grandioso como super-heróis voando e quebrando coisas. Acho que deveria ser ainda mais voltado na espionagem, porém olhando os filmes da Marvel a seriado tem exatamente o mesmo clima, se encaixando perfeitamente.

Resumidamente, gostei bastante do que vi, mas não achei algo imperdível, cumpre com competência ao que se propõe. Também foi apenas o primeiro episódio, pouco para um veredito concreto, vamos esperar para ver como a série se comporta ao longo da temporada.

Nota: 8/10

Já a DC mais uma vez vem correndo atrás do prejuízo, pois no mesmo dia da estréia de SHIELD, a Warner confirma uma série policial chamada Gotham. Se pelo menos lembrar o excelente quadrinho Gotham City Contra o Crime escrita por Ed Brubaker já vai valer a pena assistir.

Compartilhe!Share on Facebook5Tweet about this on TwitterShare on Google+0
Seja o primeiro a comentar!
 
Deixe uma resposta »

 

Deixe uma resposta