3 comentários

Crítica – Kirby: Triple Deluxe (3DS/2DS)

by on maio 9, 2014
 

Compartilhe!Share on Facebook1Tweet about this on TwitterShare on Google+0

Eu sou fã de Kirby já faz um bom tempo. Meu primeiro contato com a bolota rosa foi em Kirby´s Dream Land 2 do saudoso Game Boy. Putz, tinha 10 anos na época, já sou nintendista safado faz tempo pelo visto. O jogo nem era meu por sinal e sim do Maze. De qualquer modo, Kirby sempre foi o jogo para relaxar e creio que ele funcione principalmente em um portátil. Os jogos do rosado sempre foram polidos ao extremo, feitos com muito cuidado e tendo uma dificuldade bem baixa. Será que Kirby: Triple Deluxe do 2DS/3DS mantém a tradição?

A história (pois é, tem história) desse jogo é como se fosse um estranho livro infantil. King Dedede, o rival/adversário maroto/meio amigo de longa data de Kirby, foi capturado por um terrível mago meio aracnídeo chamado Taranza. A criatura ainda utiliza um pé de feijão, nesse caso um “dreamstalk”, para surrupiar boa parte de Pop Star, a morada de Kirby. Cabe ao balão rosado ir ao resgate de seu lar, de seu “inimigo” antigo e deter o novo adversário.

Kirby-Triple-Deluxe-Kirby-on-a-Big-White-Glove

Com o 3D ligado fica ainda mais legal esses momentos.

A jogabilidade é aprimorada da última jornada do bolota, Kirby’s Return to Dreamland no Wii. Nesse game, como nos tradicionais games do cor-de-rosa, suas habilidades são: inalar os inimigos e assim copiar suas habilidades ou poder cuspi-los para fora antes de absorver o poder, um chute deslizante malandro que também ajuda no deslocamento, flutuar, etc. Os movimentos de sempre, é uma formula que dá certo e a Nintendo/HAL Laboratory não mexe muito nela. A jogabilidade é bem precisa, então se tu morrer já sabe, nada de culpar os botões, foi alguma bobeira sua mesmo. O game é bem divertido de se jogar e o destaque vai para os combates contra os chefes, todos com padrões diversos e criativos. O legal é que nesse game é possível copiar 25 habilidades dos inimigos e cada poder tem movimentos bem diferentes que as vezes variam dependendo do contexto em que são utilizados. Ah, os poderes podem ser usados para resolver quebra-cabeças/puzzles bem simples, seja acender o pavio de um canhão com um ataque de fogo ou cortar uma corda com uma espada. E há novos poderes nessa nova empreitada do puff rosa, inclusive um poder de arco e flecha. Há também o poderoso poder “hypernova”, um modo que amplifica a inalação do Kirby além dos limites, fazendo com que a criatura rosa possa sugar árvores, projéteis gigantes e objetos que em condições normais não se pode sugar ou mover. É uma adição bem divertida.

poderes

Alguns dos poderes dessa aventura.

A maior inovação na jogabilidade na verdade é que esse é um game de plataforma 2.5D. Sendo um dos poucos games que utiliza o recurso de 3D do 3DS de forma realmente eficaz, nesse jogo você estará mudando entre o primeiro plano e o plano de fundo o tempo todo durante as fases. Essa simples adição muda completamente a experiência desse Kirby para os outros da franquia. Sem contar que o recurso 3D do 3DS realmente deixa Triple Deluxe  extremamente bonito e facilita na jogabilidade por adicionar, literalmente, uma profundidade de planos. Assim como em Return to Dreamland, Kirby: Triple Deluxe possui muitos colecionáveis e itens especiais que irá adicionar horas de jogatina para os obcecados em completar games no 100%. Também é possível trocar colecionáveis pelo Streetpass, caso isso te interesse.

Vale a pena falar que ao completar o jogo uma vez você poderá jogar a aventura novamente, mas dessa vez com o King Dedede, no modo “Dedede Tour”.  A jogabilidade dele é a mesma de Return to Dreamland, então se prepare para usar o martelo do rei pinguim e também fique esperto pois a dificuldade no modo Dedede sobe consideravelmente, o que é uma agradável surpresa.

Há também alguns modos de multiplayer nesse game. Um é um hibrido de plataforma e jogo de ritmo (Dedede’s Drum Dash) e outro é um mini-Smash Bros (Kirby Fighters). Ambos são divertidos, mas não muito complexos e depois de algumas sessões ficam um pouco enjoativos. Além desses modos para vários jogadores, ainda temos o modo The Arena/The True Arena, onde você encara todos os chefes do jogo em ordem, tentando bater o recorde de tempo. Esses bônus são algo positivo e que só aumentam o tempo de jogatina.

kirbyfighters

Entre na porrada com seus amigos no modo Kirby Fighters.

A trilha varia entre bem animada, energética e te motiva a jogar sempre um pouquinho mais. Há vários remixes de clássicos da franquia e novas adições que fazem jus ao legado musical de Kirby. Com 132 músicas, variando de mídis, composições de 8-bits, músicas orquestradas e a mistura das três categorias anteriores, a trilha desse jogo é algo de respeitar. Ainda mais por trazer em sua composição veteranos da série como os compositores Jun Ishikawa e Hirokazu Ando.

O visual do jogo é estonteante.  Extremamente colorido, com tons pastel, uma arte simples mas atemporal e com 60 de frame rate o tempo todo, mesmo com o 3D ligado. E o que esse frame rate elevado significa? Movimentos fluídos e velocidade. Ou seja, é um belo game, com uma direção de arte inspirada e uma boa variedade de inimigos. Esse é um título que mostra o poder gráfico do 3DS e exibe que o pequeno notável ainda tem muito gás, mesmo não tendo o mesmo processamento do Vita. Com uma programação esperta e uma arte apropriada, os games do 3DS podem ser tão ou mais bonitos que os do PSVita. Algumas pessoas podem ter problema com a arte extremamente infantil e, vamos ser francos, Kirby é voltado para um público mais novo, contudo deixe de frescura e volte a ser criança jogando esse belo exclusivo do 3DS.  Se você for jogar apenas o modo normal é uma experiência curta de 6 horas, contudo somando com a aventura extra do Dedede e os modos multiplayer, é um bom jogo para curtir durante uma viagem. Seria bom se fosse um pouco mais difícil e as fases tivessem um level design um pouco mais complexo, mas o jogo acerta em tantos outros aspectos que fica difícil reclamar. Recomendado.

Nota: 4/5

Confira outros reviews de games do 3DS: Yoshi´s New IslandProfessor Layton and the Azran LegacyBravely Default e Mario Party: Island Tour.

Trailer desse jogo animado e divertido.

Compartilhe!Share on Facebook1Tweet about this on TwitterShare on Google+0
comentários
 
Deixe uma resposta »

 

Deixe uma resposta